Que recursos tens para criar a tua vida de sonho?

O dinheiro aparece normalmente como o inimigo nº1 a quem quer mudar de vida ou começar a construir a sua vida de sonho. É verdade que todos nós precisamos de dinheiro para viver, mas vou contar-te uma coisa. O dinheiro está longe de ser o nosso único recurso. Até porque se recuarmos ao passado, ainda antes de existir dinheiro já existiam pessoas a viver a sua vida.

Por isso, quando pensamos em algo que queremos fazer ou construir, é importante que olhemos para todos os recursos que temos para nos ajudar a alcançá-lo e não somente para o dinheiro. E recursos todos nós temos. Muitas vezes bem mais do que imaginamos.

Vou dar-te o meu exemplo. Quando inicialmente pensei em fazer a minha viagem longa pelo mundo, acreditava que não era possível porque não tinha dinheiro nenhum. Olhava para isso como algo muito caro e um investimento que não me era possível fazer. Mas depois parei para pensar que talvez houvesse forma de arranjar esse dinheiro. Comecei por ponderar arranjar um trabalho extra, mas percebi que não seria suficiente. Depois refleti sobre tudo aquilo que eu tinha, sobre todos os meus recursos materiais que tinham algum valor. E foi nesse momento que me lembrei que tinha o meu carro. E, se vendesse o carro, conseguia transformar aquele recurso material num recurso financeiro que me permitiria viajar. Na altura, foi a solução que arranjei e que funcionou muito bem para mim. Mas poderia também ter optado por outros recursos. Podia ter ido viajar com a premissa de ir arranjando trabalho nos vários sítios por onde passasse, quer para ganhar algum dinheiro quer em troca de alojamento e alimentação. Hoje em dia existem inúmeras plataformas que ajudam com esta opção. Ou seja, podia ter utilizado como recurso o meu trabalho e o meu tempo. Mais uma vez não seria necessário todo o dinheiro que à partida acreditava que era.

Quando regressei a Portugal já com as poupanças no limite e decidi não arranjar trabalho e começar a desenvolver o meu próprio negócio, voltei a servir-me de outros recursos além do financeiro. Nesse momento, não tinha dinheiro suficiente nem para me sustentar nem para iniciar o meu negócio, mas tinha muitos outros recursos de que me podia servir. E foi o que fiz.

Comecei por recorrer ao recurso família. Voltar a morar na casa da minha mãe garantiu-me o essencial para viver e começar a trabalhar: casa, comida e internet. Depois para dar início ao meu negócio saquei mais uns recursos da cartola. Além de recursos materiais como computador, cadernos, livros e telemóvel, foi fundamental servir-me das minhas competências. Sim, muitas das vezes esquecemo-nos que as nossas competências são um dos nossos recursos mais importantes e valiosos. Felizmente, tudo aquilo que já aprendi até hoje deixou-me em condições de fazer por mim mesma absolutamente tudo aquilo que precisava para lançar o meu negócio. Mas, além disso, usei aquele que considero o nosso recurso mais importante. Usei o meu tempo. Porque se não o tivesse investido para fazer tudo isto, nada teria acontecido. E, mesmo por ele ser tão importante, houve momentos que percebi que o podia trocar por outros recursos.

Cada vez mais acho que temos de ser inteligentes quanto à utilização do nosso recurso tempo. Pois esse é o único que não conseguimos recuperar de modo algum. Isto aconteceu-me, por exemplo, quando chegou o momento de fazer o logótipo para a minha marca. Eu sou designer, mas nunca gostei muito de fazer logos e para mim mesma muito menos. Lembro-me que demorei imenso tempo a fazer o logo do saltei do sofá e quando cheguei ao fim já estava farta dele. Por isso, percebi que fazer o meu próprio logo ia fazer-me gastar imenso tempo, paciência e trazer-me insatisfação. Decidi, assim, recorrer a outro recurso. Amigos. Pedi a uma amiga minha que é designer para ela me fazer o logo. Como ela é minha amiga e tendo em conta a minha situação, não só me fez um preço muito amigo como me deixou pagar-lhe só quando eu começasse a ter receitas do meu trabalho.

Creio que com estes exemplos já percebeste que tens muito mais recursos a que podes recorrer além do dinheiro e é importante que os coloques em cima da mesa mais vezes. Desde objetos, a pessoas, a competências e tempo, existem várias opções.

Por isso, se queres criar a tua vida de sonho, mas achas que precisas de dinheiro para fazê-lo, sugiro-te que reflitas se não consegues usar outros recursos em alternativa. Ou, então, se há forma de converteres os recursos que já tens no dinheiro que precisas.

Sê criativo, pensa diferente, mas não deixes de realizar os teus sonhos 😉

2 thoughts on “Que recursos tens para criar a tua vida de sonho?

  1. Olá Neuza!
    Gostei muito do teu texto! São muitas as vezes em que confundimos o que queremos com o que precisamos. E se tiramos tempo para aprofundar esta diferença, chegaremos seguramente à conclusão que precisamos de muito menos do que o que temos a ideia. E aqui já estamos a rentabilizar recursos. Tudo se resume ao que referiste: aproveitar o tempo. 😉

    1. Olá AnaGui, muito obrigada pelo teu feedback. Sim, sem dúvida, começar por rentabilizar recursos é um excelente primeiro passo 🙂 e aproveitar o nosso tempo tão precioso da melhor maneira 😀

Responder a Neuza Cavalinhos Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Transformativa – Early-Bird até 14 Agosto – Inscreve-te >