Os 3 gatilhos para mudar de vida – A Aprendizagem integrada

Nos artigos anteriores, falei-vos sobre a crise e a aventura como gatilhos para a mudança. Tanto um como o outro são bastante intensos, provocam em nós um turbilhão de emoções e colocam-nos completamente fora da nossa zona de conforto. Por isso, são também dois gatilhos que nos ajudam a mudar de forma mais acelerada.

Hoje, venho falar-vos do terceiro e último gatilho para mudar de vida que, ao contrário dos restantes, torna tudo mais calmo e controlável.

A aprendizagem integrada.

Este gatilho refere-se à integração de pequenas e subtis mudanças que todas juntas e ao final de algum tempo geram uma mudança bastante significativa.

A mudança de vida através da aprendizagem integrada é a forma mais confortável de mudar, mas nem por isso se torna fácil. Exige dedicação, trabalho e muita paciência. Se és como eu e gostas de ver resultados rápidos, talvez a aventura seja a melhor forma de alcançares a mudança que desejas. Se, pelo contrário, gostas de caminhar com os pés bem assentes na terra, um passo de cada vez e teres o máximo controlo possível sobre a mudança, então o caminho é por aqui.

Mas passo a dar exemplos concretos para que consigas perceber melhor como colocar esta aprendizagem integrada em ação.

Na minha opinião, a melhor forma de o fazer é começar por um processo de profundo auto-conhecimento. Começa por dedicar-te a conheceres-te a ti mesmo profundamente. Quem és, o que gostas, o que queres, para onde vais. Dedica-te a conhecer-te e depois constrói a tua visão para o futuro. Define exatamente para onde queres ir, o que precisas exatamente mudar em ti para que consigas alcançar a tua visão. Depois de saberes exatamente o queres e de teres definido o teu plano, coloca-o em prática. Começa um passo de cada vez a mudar aquilo que queres modificar em ti.

Embora não seja impossível, sei que não é tarefa fácil entrarmos num processo de transformação de nós mesmos sozinhos. Mas, hoje em dia, já existem imensas ferramentas que te ajudam neste processo. Desde livros de desenvolvimento pessoal, processos de coaching individual, programas online de grupo e até mesmo blogs, sites e podcasts com imensa informação e exercícios úteis. Imensas opções que podes recorrer conforme o que achares que é melhor para o teu caso.

Uma outra excelente forma de iniciares um processo de aprendizagem integrada, em prol da tua mudança, é começares a agir. Ou seja, começa a fazer coisas e coloca-te em movimento. Não importa propriamente o que fazes, o que importa é que faças algo. O caminho constrói-se caminhando e quando começares a andar vais perceber mais facilmente para onde queres ir. Por isso, dedica-te a atividades que nunca experimentaste antes, vai a eventos, convive com pessoas novas, fala com pessoas muito diferentes de ti, ouve um estilo de música que não costumas ouvir, lê um livro de um género que não costumas ler, aprende uma língua nova, atreve-te a ter conversas sobre temas fora da tua zona de conforto. Coloca-te em ambientes diferentes que te ajudem a abrir a mente e conhecer mais mundo. É verdade, muitas vezes esquecemo-nos que não precisamos viajar para ganhar mundo. Basta olharmos para o lado com outros olhos e atrevermo-nos a fazer algo de outra forma. Só depende mesmo de nós.

Se queres mesmo mudar a tua vida, não precisas pensar em nada arrojado nem ires viajar para o outro lado do mundo. Podes continuar aí no teu cantinho, mas com uma postura diferente. Uma postura de quem quer aprender todos os dias alguma coisa nova por mais pequena que seja. Podes simplesmente começar por fazer um jantar com um ingrediente que nunca provaste. Tão simples quanto isso. Mas não te esqueças, para que consigas realmente atingir uma mudança de vida através deste gatilho, é preciso que as pequenas mudanças sejam contínuas no tempo. Compromete-te com isso, pede ajuda a quem estiver à tua volta e mantém a persistência que vais chegar lá. Um dia, sem perceberes bem como, vais olhar para trás e ver que já não és a mesma pessoa.

Se andas à procura da melhor forma para te transformares, espero que esta série dos gatilhos para a mudança te tenham trazido alguma inspiração.

No próximo artigo vou escrever mais aprofundadamente sobre a mudança interna, de forma a consolidar melhor toda esta informação sobre mudar de vida. Sim, porque para mim mudar de vida é sobretudo mudar de dentro para fora e daí estes três gatilhos serem tão importantes, porque despoletam uma verdadeira mudança interior.

2 thoughts on “Os 3 gatilhos para mudar de vida – A Aprendizagem integrada

  1. Olá! Gostei muito da partilha, considero especialmente importante o compromisso que precisamos de fazer para que a mudança ocorra. As sugestões dadas são exemplos claros de como podemos começar a mover a energia de forma simples e prática.

    Grata!

    1. Olá Rosa Lis, muito obrigada pelo teu feedback. Ainda bem que gostaste 🙂 Sim, só depende mesmo de nós e de assumirmos esse compromisso e começarmos a agir, mesmo que seja só com um passinho muito pequenino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ebook - Como Ganhar Segurança para Mudar de Vida

E-BOOK GRATUITO
COMO GANHAR SEGURANÇA PARA MUDAR DE VIDA

Subscreve a newsletter para receberes o e-book.